Receita de Bolo de Melado e Especiarias

Quem disse que não é possível comer alguns docinhos sem culpa?

Até porque a culpa às vezes se relaciona com uma sensação de insegurança, falta de amor próprio e desmerecimento.

Mesmo assim não cairemos no ditado popular e nem sempre muito inteligente “Vou comer mesmo, afinal eu mereço!”

Você merece o que? Quem é “quem merece” e quem está “ditando as regras do merecimento”? Já pensou nisso? Já pensou em quantos boicotes caímos quando nos deixamos levar pelas flutuações da mente sem ao menos realizarmos esses questionamentos?

Não basta falarmos em alimentos, receitas e doshas, é preciso lembrar que mesmo todas esses conceitos juntos não são capazes de nos levar ao entendimento, se não tiverem alinhados com uma mente sã e presente.

Aliás, eles podem inclusive nos levar ao embotamento e distração se nos apegarmos à eles e esquecermos que são somente ferramentas mas não o objetivo final…aliás, qual o seu objetivo final?

Enquanto isso, segue uma receitinha que já podes levar ao forno, programado para assar por 35′, tempo justo para uma boa meditação, não?

IMG_1243[1]
Quase não sobrou bolo para a foto!!!

BOLO DE MELADO E ESPECIARIAS – bom para vata!

2x de aveia fina

1x de semolina fina

1 c de sobremesa de canela em pó

1 c de chá de noz moscada em pó

1 c de chá de cardamomo em pó

1 c de sobremesa de gengibre fresco ralado

1 c de sobremesa de bicarbonato

1 x de melado

2/3 x de ghee ou óleo de coco

1x de leite de coco (feito em casa!)

2 c de sopa de chia 

1/2 x de amêndoas picadas

Em uma panela aquecer rapidamente, mexendo para dissolver o melado, ghee, leite de coco e chia, desligar e esperar esfriar, enquanto isso misturar os secos (menos o bicarbonato) com as especiarias.

Derramar aos poucos a mistura da panela nos secos e mexer até formar uma massa homogênea, acrescentar o bicarbonato e derramar numa fôrma untada e levar ao forno pré aquecido, assim que a massa tiver firme (não pode deixar secar muito), desligar o forno, entreabrir a porta e aguardar esfriar a massa. Essa é uma massa que não cresce muito, fica parecendo um pão de mel.

Para a calda: 1/2 x tanto de água quanto de melado, 2 c de sopa de cacau, 1 c de sopa de água de flor de laranjeira, mexer até engrossar, desligar e aguardar esfriar antes de derramar sobre o bolo.

Boa degustação meditativa!!!

_/\_

Cúrcuma

bf47fedd6d7e57cd934d8355d097edc9

“Cada especiaria tem um dia especial. O da cúrcuma é domingo.  Passe a mão de leve pela superfície, e o sedoso pó amarelo gruda na palma e nos dedos. Pó de asa de borboleta.  Leve a mão ao rosto, esfregue-a na face, na testa, no queixo. Não hesite. Desde mil anos antes do começo da história, as noivas – e as que desejam se casar – fazem isso. Apaga manchas e rugas, absorve a velhice e a gordura. Por vários dias, sua pele continuará com um leve reflexo dourado.” (Chitra Divakaruna. A Senhora das Especiarias).

photo 1

Esta é a flor da Cúrcuma, que nasceu no jardim de casa esta semana. Um presente da natureza. Há um  ano enterrei alguns bulbos da raiz para brotar, veio uma folhagem ornamental linda, de folhas arredondadas bem verdinhas. É bem fácil de brotar, basta uma terrinha adubada, um pouco de espaço e sol. E não é só isso, existe o momento certo de colher os rizomas, floração bonita sinal de boa colheita. O melhor período para plantar é entre  inverno e primavera, e mais ou menos neste período será o momento da colheita, entre sete a nove meses após o plantio. Mas tem mais, as anciãs das especiarias, só colhem essas raízes bulbosas na hora exata em que a noite se transforma em dia.

Em sânscrito  é chamada de halud, que significa amarelo, cor do romper da aurora. Cúrcuma, a especiarias auspiciosa, é colocada na cabeça dos recém nascidos para dar sorte. Na ayurveda é o pozinho de ouro, principalmente para os pittas. A cúrcuma é pura saúde, purificadora do sangue e do fígado e pode ajudar a baixar níveis altos de colesterol no sangue. Auxilia nos tratamentos  em casos de gastrites e diminui os riscos de úlceras, por seu efeito calmante sobre o sistema digestivo. Possui propriedade anti-inflamatória, auxiliando os tratamentos para artrite. Além disso, contém óleos essenciais com características antioxidante e antimicrobiana.

Como chá, adicione meia colher de chá a uma xícara fervente, deixe ferver por alguns minutos. Em casos de gripe, resfriados ou febre: combinar com gengibre, coentro, cardamomo, canela e mel.

Em casos de irritação, vermelhidão e assaduras, preparar uma pasta com aloe vera e aplicar diretamente na pele.

Receita de suco de cúrcuma para inflamações e dores nas articulações: 2 cenouras, 1/2 batata doce, 1/2 fatia de abacaxi, 1 pedaço de gengibre e 1 pedaço de cúrcuma (ou 1 colher de chá do pó da cúrcuma). Bater no liquidificador com água fresca e coar. Frutos normalmente, não se misturam com as raízes, mas neste caso, o abacaxi potencializa as propriedades anti-inflamatórias dos ingredientes.

Na gastronomia o pó da cúrcuma realça os pratos com sua cor dourada. É a base de muitos currys e masalas. Dica ayurvédica, pode ser adicionado em alimentos com muita proteína como um antídoto, ajuda na assimilação e absorção deste nutriente. Uma pitada de açafrão, um toque a mais de saúde. Experimente!

photo 2

Torta cremosa de legumes

Mais uma criação gastronômica do almoço de domingo, com pitadinhas da

Masala de Páprica ingredientes orgânicos, não teve como não dar certo!

* Atenção! Na receita da massa, opção para os Veganos: substituir o ovo por 1 colher de sopa de chia hidratada por 15′ em 3 colheres de água ou 1 colher de sopa de semente de linhaça e substituir o ghee por óleo de coco ou palma.

torta A Receita:

Para a massa preparar o leite de aveia misturando 1 xícara cheia de aveia em flocos com 1/2 litro de água, bater no liquidificador, coar no voal e voltar esse leite para o liquidificador com mais 2 colheres de sopa de semolina fina, 2 colheres de sopa de ghee, 1 ovo*, pitada de sal do Himalaia, 1 colher de sobremesa de fermento (pode substituir por bicarbonato), bater mais um pouco e reservar.

Para o recheio picar em cubinhos 2 cenouras, 2 carás pequenos, 1 inhame, 1 abobrinha, 2 cebolas, 2 tomates, 1 pimenta dedo de moça cortada bem miudinha, então cozinhar os legumes (menos tomate, cebola e pimenta) no vapor por 8′ e logo refogar os  tomates, cebolas e pimenta no ghee com 1 colher de café da masala de páprica, adicionar os legumes feitos no vapor e cozinhar sem a tampa  para que os legumes possam secar um pouco, adicionar pitada do sal do Himalaya, desligar e acrescentar 1 colher de sopa de semolina fina e mexer até misturar bem.

Pré aquecer o forno por 10′, untar uma fôrma de vidro com azeite e semolina fina, despejar os legumes e por cima a massa feita com o leite de aveia, polvilhar semente de gergelim por cima e para quem não está de dieta detox, salpicar um pouco de parmesão ralado, botar no forno e assar por 1′ e em seguida gratinar caso teu fogão te permita tal façanha!

Essa receita é leve e nutritiva, pode ser consumida fria ou quente!

Mango Smooth

ab8e141cae65b205234a7df77036d796

Receita nutritiva e refrescante

1/2 L de leite vegetal de coco

2 mangas picadas  (geladinhas ou congeladas)

2 sementinhas de cardamomo

Melado a gosto

Só bater tudo no liquidificador!!!

No verão esta receita é indicada para os doshas Vata e Pitta. Acrescentar 1 banana madura também fica uma boa combinação.

O leite vegetal de coco pode ser feito com 1 coco seco batido no liquidificador em 1L de água fresca ou água de coco e coar. O leite de coco pode ser um ótimo substituto do leite de vaca na preparação de vitaminas, bolos, molhos e sobremesas. O leite de coco de origem vegetal é rico em vitaminas, fósforo, ferro e zinco. Ajuda a fortalecer o sistema imunológico pois aumenta o “ojas” – força, nutrição e longevidade.