Alimentação Ayurvédica de Retiro

Fazer o que se ama nem sempre é simples. Nos privamos de ter e fazer coisas “legais”, muitas vezes abrimos mão de recursos materiais, abdicamos de alguns prazeres e desejos, mas no fim, realizar o dharma/propósito tem um significado e sabor que só quem se deu o direito de provar sabe do que estou falando. A vida tem sentido, é maior do que parece nas novelas e comerciais, tem um brilho diferente, é uma brisa que passa e você sente…

Romantismo à parte, concretizar nosso dharma é fluir a favor da vida, aceitar e colher frutos muitas vezes demorados a amadurecer. É sentir-se feliz com o que parece “pouco” aos olhos dos outros, é não se importar com a pressão alheia, opiniões divergentes e manter-se firme naquela sensação de saber que se está fazendo o que deve ser feito.

Fechei o ciclo desse ano aceitando que meu dharma é trabalhar em prol da alimentação consciente e terapêutica, desenvolver-me e crescer junto às pessoas que atendo nos atendimentos anamnese/massagem ouvindo suas lindas e únicas histórias de vida.

Em grande estilo, cozinhei num retiro num dos lugares que venho amando estar, Reserva Passarin em Paulo Lopes. Uma cozinha, mata e pessoas que me acolhem. Ao lado de um querido amigo, um dos que há anos atrás me abriu as portas e possibilidades de aprender a cozinhar, com carinho, cuidado e responsabilidade.

img_33421

Outro prazer inenarrável – ser quem eu sou, de meia, chinelo, estampas que não combinam, um colorido que pode deixar muitos desconfortáveis! Aceitar que meu tempero é esse, sei fazer desse jeitinho, comida alquímica em processo muitas vezes caóticos aos olhos dos outros, enquanto que por dentro de mim, tudo em paz, a confiança de que “ta tudo certo”.

img_33731

Fizemos arte, mantramos, nos divertimos, experimentamos a cozinha como laboratório de auto conhecimento, catarses, reconhecimento, aprendizado, consciência dos próprios limites, transmutação e entrega de todo nosso amor e capacidade nos alimentos que servimos.

img_33381

Alimentos orgânicos, de agricultura familiar, ingredientes da região, um cardápio totalmente vegetariano, e na sua maioria vegano, opções sem glúten, alimentos crus, brotos, germinados, especiarias, combinações alimentares harmônicas segundo a Ayurveda, muito sabor, cor e textura!

No cardápio, Mjadra, Kichidi, Abobrinha com Ricota de Amêndoas, Caldo de Canjica e Couve Flor, Almôndega de Mandioca e Banana ao molho de Manga, Chutney de Tomate, Omelete Vegan, Pesto de salsinha, bolos e pães 100% integrais e por ai vai, foi e será algumas outras vezes 😉

img_33281

Só temos a agradecer à querida Daniela, Leandro e todos os participantes do retiro, que nos deram abertura e espaço para expressarmos nossa criação gastronômica! Um agradecimento especial ao querido chef Fabiano, pela parceria em harmonia _/\_

Finalizo desejando que todos possam desenvolver-se em seu dharma, descobrir que onde quer que estejam, fazendo o que for, se houver verdade, propósito e amor, ta tudo certo!

img_33561

 

Anúncios

One thought on “Alimentação Ayurvédica de Retiro

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s