Chai Masala Canjica Vegan, já provou?!

Receita simples e saudável para um café da manhã de agosto, friozinho e chuva pedem algo quentinho o suficiente para manter nos confortáveis dentro de nossas casas enquanto a Primavera ainda não nos chama pra fora!

Canjica é uma receita antiga e tradicional, mas algumas adaptações se fazem necessárias visto que alguns ingredientes já não são mais os mesmos quando eram usados nos tempos de nossas avós, então a dica é: polvilhe chai masala e utilize milho de semente crioula, troque o leite animal pelo leite de coco adoçado com tâmaras!

O café da manhã foi além da canjica, contando com segundo round com pão de sarraceno e nozes (sem glúten) acompanhado de um cafezinho orgânico com leite de arroz!

Receitinhas fáceis à seguir, afinal, o simples faz toda a diferença!

Chai Masala Canjica Vegan

Hidratar por 24hs 2 x de canjica de milho orgânico/não transgênico. Hidratar por 8hs 1 x de tâmaras secas sem caroço. Para facilitar, congele um coco marrom por 2hs no freezer.

Cozinhar na água o milho para canjica, acrescentando 1 c de sopa de chai masala Espaço Cardamomo (as medidas são – 1 c de chá de canela em pó, 1 c de chá de cúrcuma em pó, 1/2 c de café de nos moscada em pó, 1/2 c de café de gengibre em pó e pitada de cravo em pó), deixar cozinhar com a tampa, por aproximadamente 25′ (até amolecer os grãos).

Enquanto cozinha a canjica, prepare o leite de coco, retirando o coco do freezer e colocando direto na boca do fogão com a chama no mínimo e virando o coco às vezes – isso é feito para soltar a carne da casca mais facilmente, e o fato do coco ter sido congelado, não permite que ele rance pelo fato de estar sendo aquecido – esperar a casca esfriar, bater com a ajuda de um martelo e soltar a polpa do coco. Bater por alguns minutos no liquidificador junto com as tâmaras hidratadas e água o suficiente para cobrir. Coar o leite com tâmaras no voal.

Acrescentar o leite à canjica e deixar cozinhar por mais 5′, desligar e deixar mais 5′ com a panela tampada. Ao servir quentinho, se preferir mais doce, acrescente melado para os biotipos vata para nutrir ou mel para os biotipos kapha. Normalmente os biotipos pitta não vão querer adoçar mais 😉

IMG_2951[1]

Pão de Sarraceno e Nozes (sem glúten)

Misturar os ingredientes secos numa bacia – 1 x de trigo sarraceno (já moído), 1/2 x de fécula de batata, 3/4 x de farinha de arroz integral, 3/4 farinha de linhaça, 3/4 de polvilho doce, 1 c de sopa de psyllium, 1 c de sopa de açúcar mascavo, 1 c de chá de sal do Himalaya, 2 c de sopa de fermento biológico.

Acrescentar os demais ingredientes e a água aos poucos – 1/2 x de nozes picadas, 1/4 x de óleo de palma e 1 3/4 x de água morna, misturar bem a massa, untar uma forma pra pão e deixar a massa descansar na forma por 30′ em um lugar quentinho.

Assar o pão em forno pré aquecido, ajustar a temperatura para 200 graus e deixar assar por aproximadamente 30′.

Para combinar com esse delicioso pãozinho, fica a dica, para os vatas acrescentar melado e tahine, para os kaphas um pouquinho de mel e para os pittas geleia de maçã e bom deguste!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s