Os Doshas e as Gunas – influência na alimentação

doshasTexto:    Glendha Kreutzer  /   Imagem:   Internet  2.bp.blogspot.com

A Medicina Ayurveda considera  o ser na totalidade de sua existência. Para essa terapia, é de suma importância que nos percebamos seres integrais, corpo, mente e espírito. Portanto, se formos tratar aqui da alimentação ayurveda, é preciso supor que a mesma influencia não só o funcionamento do nosso organismo, o tipo de metabolismo do nosso corpo, mas também tendo papel importante na formação de nossos pensamentos, na vibração que nossa mente funciona.

Partindo do princípío de que tanto os seres quanto os alimentos são constituídos de uma combinação biológica dos 5 elementos (água, terra, fogo, ar e éter), cada um na sua devida proporção, podemos imaginar que é possível equilibrar esses elementos dentro de nosso corpo e mente. Eis aqui o objetivo da Ayurveda: equilibrar os doshas em nosso corpo e as gunas em nossa mente.

O que são os doshas e gunas?

Os doshas são a dinâmica das forças da combinação dos 5 elementos. São os nossos humores biológicos, onde através deles podemos definir algumas características físicas e psicológicas auxiliando assim na percepção dos desequilíbrios e na forma mais coerente de harmonizá-los. Cada dosha é constituído da seguinte forma:

* Vata – combinação dos elementos – ar + éter

* Pitta – combinação dos elementos – fogo + água

* Kapha – combinação dos elementos – terra + água

Todos possuímos os 3 doshas, em medidas distintas e diferentes proporções. A organização desses humores é o que tráz equilíbrio, evitando o surgimento de doenças e o desenvolvimento e instalação das mesmas em nossos tecidos.

As gunas são o estado mental que nos encontramos e quais são nossas tendências e padrões de pensamento. Há vezes em que estamos numa vibração, com algum guna predominante, enquanto em outros momentos podemos perceber uma mistura deles. Podemos classificá-las da seguinte maneira:

* Satwa – é o estado mental tido como o mais equilibrado, com habilidade de adaptação, inicativa para ações benéficas, entusiasta e compassiva para com os outros seres, flexível, boa comunicação, inteligência e clareza das percepções e sentidos. Manifesta-se em pessoas altruístas.

* Rajas – é uma mente extremamente ativa, ambiciosa, dominadora, ansiosa, superficial, irritada,impulsiva e controladora. Manifesta-se em pessoas com tendência manipuladora, egoístas e competitivas.

* Tamas: é uma mente obscura, depressiva, com tendências suicídas e destrutivas. É obtusa, sem a menor percepção, ou uma percepção completamente negativa das coisas. Normalmente manifesta-se em pessoas atormentadas, letárgicas.

Diferente da Medicina Ocidental, na Ayurveda, apesar de existirem algumas classificações, elas só aparecem para facilitar a detecção do nível de desarmonia que uma pessoa se encontra e quais os tratamentos necessários. Enfim, para diagnosticar os desequilíbrios, é preciso que eles tenham algum nome para sabermos como tratá-los, não são definições julgadoras, menos ainda enrijecidas.

Uma pessoa pode ter uma constituição física que se assemelha ao dosha vata por exemplo, e ter alguns desequilíbrios psicológicos que correspondam às tendências do dosha pitta, e ainda ter uma mente rajásica. Portanto, na Ayurveda, cada pessoa recebe um tratamento individual, mesmo tendo características de um dosha ou outro, essa pessoa possui uma história de vida, karmas de outras vidas ainda, e personalidade distinta das demais.

A influência da alimentação nessa questão, acontece quando criamos hábitos nocivos ou não à nossa saúde definindo assim nossa vibração mental. Se nossa alimentação é consciente, se temos a noção do que nos faz bem e fazemos uso disso, e do que nos faz mal e nos afastamos disso, já estamos exercendo a ayurveda no nosso dia-a-dia.

Os alimentos são classificados por seu sabor (amargo, doce, picante, adstringente, ácido ou salgado), sua potência de esfriar ou esquentar e seu efeito sutil, ou seja, como vai se manifestar esse alimento depois de ingerido. Ainda podemos classificar sua qualidade, como o alimento foi preparado, qual a quantia a ser ingerida e em quais circusntâncias se deu essa alimentação.

Através de uma combinação entre os alimentos, logo, entre os elementos a serem ingeridos, considerando nossa constituição dóshica e se existe algum dosha em desequilíbrio e qual é ele, observando quais as características dos gunas preponderantes em nossa mente, é possível fazer um diagnóstico pessoal e um guia que nos oferece desde uma dieta balanceada até práticas de exercícios direcionados para nossas atuais necessidades.

Na Ayurveda, a alimentação é um dos pilares que constituem a saúde e longevidade. E é um assunto que rende….

Enfim, cada um de nós é uma única partícula…., e conjunta com todas as demais formamos um imenso leque de seres com suas peculiaridades e afins, seus nãos e sins…, enfim, somos assim!

 

 

Anúncios

2 thoughts on “Os Doshas e as Gunas – influência na alimentação

  1. Paulo jacuk

    As composições de temperamento e influencia na personalidade estão bem definidas na explanação,porem eu tenho ressalvas nas explicações da origens,pois eu considero o ser Humano como uma maquina de coletar almas(centro criador de todas as manifestações fisicas do universo,contido em tudo e em todos,sendo agregados e em expansão no ser humano na alimentação para a formação de futuras personalidades espirituais)
    As variaçõe das soma algebrica das emoções vividas ,formam a personalidade da comunidade em formação,tanto que dizem que o homen é o produto do meio ambiente que vive e se alimaenta.Não obstante a vivencia biológica alem disso tem por finalidade gerar pulsos emocionais,que são na realidade o alimento do espirito,tais como os variados tipos de alimentaçõe citadas existe os variados tipos de emoções geradas,para todos os gostos espirituais,inclusive até o odio.
    Deixo este pequeno trecho para analise sem ferir acrença de ninguem
    Paulo Jaciuk

  2. Glendha

    Olá Paulo!

    Ficamos felizes em dividir, apresentar e receber novas idéias e conceitos, assim, não nos sentimos ofendidos com o teu comentário, e sim felizes com tua contribuição!

    Um abraço, e esteja à vontade para participar quando quiseres!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s